Funcionários do Correios de Porto União são ameaçados por atraso nas entregas de correspondências

Funcionários do Correios de Porto União são ameaçados por atraso nas entregas de correspondências

Funcionários da Agência dos Correios de Porto União acionaram a Polícia Militar depois de serem ameaçados. A situação ocorreu por volta das 16 horas da tarde de quarta-feira, dia 12, quando um usuário foi até o local questionar o atraso na entrega de boletos, o qual ocasionou juros e revoltado, ele fez ameaças no local.

Segundo relatos do funcionário para a Polícia, devido ao corte do efetivo de terceirizados, os quais prestavam serviços aos Correios, estão com pessoal reduzido e não estão conseguindo fazer as entregas de cartas e boletos em dia, e isso está fazendo com que as pessoas venham até a agência acabam ameaçando os funcionários.

Ainda conforme o relato no boletim de ocorrência, um homem ameaçou de bater nos carteiros quando eles forem entregar cartas na região do Conjunto Porto União e Vila Verde. Mas o fato que fez os funcionários chamarem a polícia foi no meio da tarde, quando outro homem, em uma caminhonete, chegou ao local e disse que pagou juros em um boleto, devido os Correios não terem entregado no prazo. Quando os policiais chegaram ao local o homem já havia saído. Foi feito um boletim de ocorrência e orientado os funcionários.