Lista das crianças classificadas para CMEI’s de União da Vitória é divulgada

Lista das crianças classificadas para CMEI’s de União da Vitória é divulgada

A Secretaria de Educação divulgou nesta quarta-feira, 27, a lista dos alunos classificados para a realização das novas matrículas nos Centros Municipais de Educação Infantil de União da Vitória. O prazo para realização da matrícula vai do dia 02 ao dia 06 de dezembro. Os nomes passaram por uma comissão avaliadora multidisciplinar conforme a nova lei Nº 4.837 de 26 de setembro de 2019, que propõe prioridade na fila dos CMEIS.

CONFIRA A LISTA CLICANDO AQUI

Os pais devem se deslocar até o CMEI, que seu filho irá estudar – que está especificado na lista divulgada – com um documento de identificação para efetivar a matrícula e garantir a vaga, no prazo de 02 a 06 de dezembro. “Vale ressaltar que 10 novas turmas serão abertas para o ano que vem. Serão 200 novos alunos nos CMEIs totalizando 2441 crianças na educação infantil”, destaca o Secretário de Educação, Ricardo Brugnago.

As rematrículas nos CMEIS são garantidas. Os pais ou responsáveis que desejam transferir o filho de creche devem procurar a instituição desejada para verificar a disponibilidade de vagas.

Do dia 02 ao dia 06, os pais que fizeram inscrição e desejarem verificar outras vagas remanescentes dentro no município devem procurar a Secretaria Municipal de Educação no Endereço: Rua Coronel Amazonas 491, próximo ao Antiocho Pereira ou pelo telefone 42 3903-1700, falar com a Cátia.

Novos cadastros serão realizados no início do mês de fevereiro de 2020 em data a ser definida.

Nova lei

A lei Nº 4.837 de 26 de setembro de 2019, aprovada por unanimidade dos vereadores, dá prioridade nas vagas para os seguintes grupos: crianças com necessidades especiais; crianças com mães menores de 18 que estejam estudando; crianças com família em vulnerabilidade social; crianças sob os cuidados de apenas um dos genitores, efetivo detentor da guarda, que esteja trabalhando; crianças com ambos os pais trabalhando. Famílias com menor renda terão prioridade.