Professores Municipais de União da Vitória tem determinações legais do plano de carreira e salários descumpridos e mais uma vez devem buscar a justiça

Professores Municipais de União da Vitória tem determinações legais do plano de carreira e salários descumpridos e mais uma vez devem buscar a justiça

A categoria do Magistério Municipal de União da Vitória pode vir a travar uma nova batalha na justiça contra a Prefeitura da cidade em busca de ter seus diretos assegurados em lei. A informação foi confirmada pelo Sindicato do Magistério Municipal.

Ocorre que os professores da rede municipal posicionados nas Classes (B) e (C), conforme a tabela de salários não vem recebendo os seus direitos de acordo com a Lei Municipal 3621 de 2008, a qual determina uma progressão de 15,5 % para aqueles que possuem ensino superior em curso de licenciatura acrescido de pós-graduação em educação, o descaso com a carreira dos professores atinge vários profissionais do ensino.

Segundo o Presidente do Sindicato do Magistério Municipal, Marcio Utzig, foram enviados vários ofícios para a prefeitura na tentativa de buscar uma solução, mas a falta de diálogo por parte do executivo municipal vem se tornando um grande entrave.  O presidente também ressaltou que dos Municípios de Abrangência do Sindicato do Magistério Municipal, somente União da Vitória não cumpriu com esta previsão legal.

Ainda em conversa com o presidente, ele enfatizou que o Sindicato seguirá buscando de todas as formas legais, preservar a garantia dos direitos dos educadores de União da Vitória, com objetivo de que a Prefeitura Municipal cumpra as leis próprias pertinentes a categoria.