São Miguel da Serra realiza depósito da Cápsula do Tempo.

São Miguel da Serra realiza depósito da Cápsula do Tempo.

No dia 01 de dezembro, foi realizada a Cerimônia de depósito da Cápsula do Tempo em São Miguel da Serra. O evento contou com a participação em peso da comunidade que estava em polvorosa com a possibilidade de mandar uma mensagem ao futuro.

Várias entidades destinaram materiais como ofícios, cartas, recortes de jornais e fotografias para serem colocadas no interior do recipiente confeccionado em aço inoxidável, com fechamento impermeável. Além disso, as atas das reuniões do Comitê Central Organizador das Festividades do Centenário e DVDs das filmagens dos eventos alusivos ao aniversário do Distrito também foram incluídas no material que deve ser aberto só daqui a 50 anos, ou seja, no sesquicentenário do distrito de São Miguel da Serra.

A cápsula foi lacrada por muitas mãos já que todos queriam ter o privilégio de apertar um dos vários parafusos que selavam sua tampa. Depositada em um recipiente de concreto ao lado do Monumento ao Centenário de São Miguel da Serra, sobre o cimento fresco foi fixado o brasão que identifica o local.

A cerimônia despertou a criatividade e o assunto que mais se ouvia era quem teria ou não condições de abrir a cápsula daqui cinquenta anos.

O evento faz parte das comemorações alusiva ao centenário de colonização de São Miguel da Serra e repete a prática de 2017 por ocasião do Centenário de Porto União, quando uma cápsula igual foi depositada na Praça do Centenário, Victor Buch Filho. Esta deverá ser aberta em setembro de 2067 conforme legislação especifica para essa finalidade. Quem ainda não depositou seu recado para o futuro e gostaria de fazê-lo, ainda terá a oportunidade em setembro de 2020 por ocasião do encerramento das festividades do centenário de Santa Cruz do Timbó. Lá também será depositada uma Cápsula do Tempo com destino ao futuro.