Um dia após tragédia com Van, ônibus da saúde de General Carneiro apresenta problemas e aborta viagem para Curitiba

Um dia após tragédia com Van, ônibus da saúde de General Carneiro apresenta problemas e aborta viagem para Curitiba

Um dia depois de acontecer um grave acidente envolvendo uma Van, o qual tirou a vida de mulher de 46 anos, mais um veículo público da cidade de General Carneiro apresentou problemas durante uma viagem para Curitiba.

De acordo com informações, para substituir a Van que ficou destruída no acidente, a Secretaria de Saúde colocou um ônibus para fazer o transporte de pacientes que precisavam se deslocar para Curitiba nesta quarta-feira, dia 18. O detalhe é que o ônibus estava sem condições e não chegou ao destino final.

A reportagem do Canal 4 TV levantou informações com alguns pacientes que estiveram no ônibus, os quais afirmaram que o ônibus apresentava problemas antes mesmo de sair de General Carneiro. No trajeto, o coletivo apontava desconforto aos pacientes. Entretanto, a viagem logo foi interrompida. Um pneu estourou na rodovia BR-476, na região de Paula Freitas e o estepe estava sem as rodas. Depois de pedir apoio e consertar o problema, o ônibus abortou a viagem por não ter condições de seguir até a Capital e retornou para General Carneiro.

O ônibus transportava 21 pessoas, entre pacientes e acompanhantes, sendo que entre elas estavam idosos e crianças. Maioria delas tinha consultas agendadas em Curitiba e pelo menos uma pessoa teria um procedimento cirúrgico.

Em contato por telefone com a secretária de Saúde de General Carneiro, Rhamayane Stefanowicz Neubauer, ela informou que três pessoas tiveram suas viagens a Curitiba ainda durante essa quarta-feira, dia 18, com um veículo de pequeno porte e, que as demais terão suas consultas remarcadas para ao mês de janeiro. Ela ainda disse que o ônibus teria passado por uma revisão durante a terça-feira e alegou que o coletivo possuía estepe completo, indicando uma desorientação ao motorista.

O acontecimento um dia depois da tragédia com a Van que deixou cerca de 15 pessoas feridas e uma morta, levanta um alerta para o transporte público de General Carneiro. Embora, o problema de furar o pneu tenha sido um fato isolado, é preciso redobrar a atenção quanto aos veículos, uma vez que se o ônibus tivesse totais condições de viajar para Curitiba, teria seguido viagem depois de arrumar o pneu e não teria retornado para a cidade.