Vídeo sobre atendimento médico em posto de saúde de União da Vitória viraliza e causa revolta

Vídeo sobre atendimento médico em posto de saúde de União da Vitória viraliza e causa revolta

A Prefeitura de União da Vitória se manifestou em nota sobre o vídeo publicado e informou que notificou a empresa terceirizada responsável pelo profissional. A Prefeitura disse também que uma nova profissional estará assumindo as funções na Unidade a partir da próxima semana.

Nesta semana circulou pelas redes sociais um vídeo que mostrou o atendimento por parte de um médico a uma paciente idosa. As imagens mostram o profissional agindo de forma revoltante, sendo inclusive jogado exames da paciente pelo chão.  O caso foi registrado durante a manhã de terça-feira, dia 05 de novembro, por volta das 10h30, na Unidade Básica de Saúde do bairro Cristo Rei, em União da Vitória. A paciente buscava por atendimentos e o médico que trabalha para uma empresa terceirizada recusou atender a mulher.

VEJA O VÍDEO:

O vídeo divulgou nas redes sociais viralizou e causou revolta na população que criticou a situação da saúde pública no município. O problema revoltar também pessoas ligadas à saúde da cidade, como por exemplo, a ex-secretária de saúde de União da Vitória, Paula Quaglio Krzyzanowski, a qual lamentou a situação e publicou uma nota falando sobre sua indignação.

Na publicação, ela expôs os motivos que fizeram ela deixar o cargo de secretária. “Em 26 de fevereiro deste ano, em reunião com todos os secretários, foi dito que só seria investido em comunicação (sim, comunicação) e educação em 2019“, contou ela que completou, “48 horas depois eu pedi exoneração do meu cargo de secretária municipal de saúde“.

Paula Krzyzanowski ainda contou que quando era secretária, juntamente com sua equipe dispensou o mesmo médico que aparece no vídeo, pois o mesmo não era compatível com o que buscavam para oferecer a população. Ela também disse, “não sou sensacionalista, nem reclamona, porém, indignada com as consequências da atual administração em relação à saúde. Qualidade não é uma preocupação“, falou.

O que diz a Prefeitura de União da Vitória

A Prefeitura de União da Vitória através de sua assessoria de imprensa também se manifestou em nota sobre o vídeo publicado. Na nota expôs a situação e informou que notificou a empresa terceirizada responsável pelo profissional, a qual está lotada em Curitiba e foi a vencedora de um processo licitatório. Ainda de acordo com a Prefeitura, uma nova profissional estará assumindo as funções na Unidade a partir da próxima semana.

Por fim ainda declarou que “a Secretaria Municipal de Saúde repudia qualquer ato de violência em nossas unidades de saúde, e tem expectativas de que com a possibilidade do concurso público anunciado para início de dezembro venha acabar com esse tipo de problema. Temos a certeza de que estamos trilhando o caminho correto, pois os profissionais estarão envolvidos com nossa comunidade, e em respeito a ela teremos condições de atender cada vez melhor nossa população”.

Veja Também